04 novembro 2005

Algumas notas presidenciais

A candidatura a Presidente do Engenheiro Camandro é diferente.

Sim porque ele não somente entende de economia, poesia e humanidades, como também domina a Engenharia.

Há que dar a voz aos cidadãos. Sim, sempre que surge um surto de faringites e laringites, os portugueses ficam afónicos. Há que lhes restaurar a voz sem demoras.

Com Camandro teremos um Portugal com futuros, warrants e outros activos financeiros. Resistir, induzir, condensar: em suma, Camandro um Presidente electrizante.

Portugal precisa de ter tudo no sitio: olhos nos globos oculares, ouvidos nas orelhas. Já o Dr. Frankenstein sabia disto perfeitamente.

Portugal não precisa de dó. Queremos que os outros não tenham dó de nós, queremos que eles nos deem mais auto-estima (e não estou a falar de estimar mais os carros).

Por um Portugal menor. Sim, Camandro apoia-se na Plataforma Continental. Aliás, quem precisa das ilhas? Madeira, Açores, Berlengas, Pessegueiro, Anicha... Só servem para dar despesa ao Estado.

Camandro a Presidente,
pois queremos em Belém o melhor residente.

Dr. Matt Cunha

2 Comments:

Anonymous eng. camandro said...

Copmo já tive oportunidade de dizer, o meu lema é Portugal Menor ! (sem as ilhas!)

3:53 da tarde  
Anonymous Adolfo JJ said...

Eu agradeco!

7:06 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home