31 maio 2008

Patinho?? É feio

No "Telejornal com Judite de Sousa" da RTP apareceram os resultados finais das eleições no PSD. O 4º classificado apareceu escrito desta forma: Patinho Antão.

Então?? Haja respeito por Patinha Antão e além disso é feio não verificar estas coisas antes de escrever.

Dr Matt Cunha

30 maio 2008

Aprendam Geografia e Toponímia e Gramática antes de falar na Rádio

Ouvi mesmo agora na Antena 3 o locutor do trânsito dizer que há condiocionamento entre as Torres Novas e Santarêm. Note-se: AS Torres Novas. Soa mal. Como soaria "a Évora" (a menos que fosse a Cesária) ou "o Aveiro".
Juan Hónimo

28 maio 2008

Concerto na Antena 2, 28 Maio às 21h (Teresa Valente Pereira & Co)

Hoje (28 de Maio) às 21h na antena 2 - no programa TEMPORADA DE CONCERTOS ANTENA 2 / IFP - é transmitido o concerto "Uma viagem musical ao século XX – Carta Branca a Teresa Valente Pereira", que se realizou no Instituto Franco-Português (Lisboa), a 2 de Novembro de 2007.

E. Hieaux, Sobre três poemas de Eluard p/ violino e piano
Kodály, Duo serioso p/ violino e violoncelo
G. Cassadó, Suite p/ violoncelo
Debussy, Sonata p/ violoncelo e piano Nº1
Chostakovitch, Trio p/ violino, violoncelo e piano Nº1, Op.8


* Teresa Valente Pereira (violoncelo). Adolfo Carbajal (violino). Bruno Belthoise (piano).

Agente Ultra Secreto Zero Vírgula Zero Sete, à escuta

Etiquetas: , ,

Publicidade desnecessária

Com o aproximar (?) do Verão, assiste-se à já habitual profusão de anúncios de produtos destinados à redução do peso. Ora, com a actual crise dos combustíveis, e com o preço dos alimentos a níveis recorde, não é necessário empurrõezinhos. As pessoas vão mesmo adoptar uma estratégia alternative de redução do peso.

Deixar de comer.

Dr Matt Cunha

Não é só o Cristiano Ronaldo e o Joe Berardo

Karamba, quem é que estes Çakanas irão interrogar a seguir?

Polícia interroga professor Bambo
Joaquim Forma

PS- consta que ele terá dito, aquando da sua detenção: "Eu sabia que isto um dia me iria acontecer!!..."

26 maio 2008

Às vezes dou por mim a pensar nestas coisas irrelevantes mas profundas

Ontem na SIC deu uma reportagem sobre a confecção dum pastel de Tentúgal de tamanho record: 6 metros de comprimento. Entretanto, o presidente da Junta foi entrevistado acerca da possibilidade de para o próximo ano se "chamar o Guinness" para registar o record. Depois o jornalista clarificou que a idéia é bater o record do "maior pastel de Tentúgal do mundo".

O que eu dei por mim a pensar foi: o maior pastel de Tentúgal do mundo? Em que outro local poderiam fazer uma tentativa rival de bater o record e na mesma estarmos a falar de pastéis de Tentúgal?... E mesmo que fosse em Tentúgal: afinal quem mais poderá bater a Confeitaria que detém o segredo dos pasteis de Tentúgal?...

Juan Hónimo

Contas A DN

.
Ha muito a dizer sobre isto ... mas o mais curioso E notar como o aumento de 56% para 65% parece implicar NECESSARIAMENTE um aumento da carga fiscal. A reducao de verbas da Uniao Europeia* parece nao ter nada a ver com o dito aumento ... Que formula matematica estarA o autor desta noticia a usar???
.
* ? mas houve mesmo verbas perdidas no ambito da Uniao Europeia??? eu pensava que os cortes eram so aqueles feitos pelo governo filosOfico do Socrates ...

Foenix!!

Os amigos do Meiguito já não têm mais onde se esconder!!!
Juan Hónimo
PS-post escrito 5 minutos antes do touchdown em Marte...

23 maio 2008

Mudam-se os tempos...


Eu vou...ao Alkantara Festival 2008

Eu vou...
... ver 14 espectáculos do Alkantara Festival, entre hoje (23 de Maio) e 6 de Junho!!!


Hoje vamos ao Teatro S. Luiz ver a peça Tempest II, às 21h.
Amanhã, 24 de Maio, vamos ver dois espectáculos: o bonanza às 19h, no teatro da politécnica, e o chácara paraíso às 21h30 no palácio de santa catarina.
Na segunda-feira, 26, temos bilhetes para o the dialogue series: iii. dinozord, no grande auditório do ccb.
Sexta, dia 30, é a vez de bahok, novamente no grande auditório do ccb.
Sábado, dia 31, vamos ver dois espectáculos, o nine finger ao teatro maria matos às 21h e o new works 1 às 23h no museu de electricidade.
Dia 1 de Junho, temos o new works 2, também no museu de electricidade.
Dia 2, há o banquete, às 20h, no Palácio da Ajuda.
Dia 3, temos o accords, às 21h no teatro S. Luiz.
Dia 4, vamos novamente a dois espectáculos, o china às 21h no museu do oriente, e o speaking dance às 23h no museu de electricidade.
Dia 5, temos o BLEIB opus #3, no Teatro Maria Matos às 21h.
Por fim, no dia 6, vamos ver as coisas maravilhosas, na Culturgest às 21h.

E, se não estivermos demasiado cansados, ainda podemos ver no sábado dia 7 o hars às 19h no ccb, e no domingo dia 8 o LION NOIR às 23h no Teatro S. Luiz (com entrada livre!!)

UFFF!!! Já estou cansada só de escrever isto...

Ah, e ontem ainda fomos ao pequeno auditório do CCB ver a OrchestrUtópica, pois a Teresa Valente Pereira (violoncelo) participou no concerto - como poderão verificar na página 19 do programa de sala. Há a referir sobre este concerto que a obra do Nuno Corte-Real "Elegia para piano e ensemble (2008)" mereceu vários bravos - sendo que o primeiro deles foi o do Fiambrelete, o que tem relevância, dado que foi a primeira audição absoluta desta obra, encomendada pela ORCHESTRUTOPICA com o apoio financeiro da Fundação do Centro Cultural de Belém.
BRAVO para o BRAVO!!! hehehe

FlorGrela Estampa

p.s. - Em 2006 também fomos ao Alkantara Festival nesta altura do ano, e vimos 12 espectáculos em 15 dias... Para quem quiser recordar, aqui está o link.

Etiquetas: , ,

22 maio 2008

O site da TSF foi renovado

Aguardamos com espetativa (ou seja, com vontade de dar umas espetadelas) se este upgrade também se reflectirá na gramática dos textos...

É curioso que ao fazer search sobre esse assunto na própria página, cheguei a uma notícia de há uns meses atrás de conteúdo assaz "esclarecedor"... (parece ser a transcrição de um discurso de um político).

Joaquim Forma

Às vezes dou por mim a fazer perguntas frívolas e irrelevantes



Quem será o fornecedor daquele papel vegetal que diz invariavelmente sempre o mesmo "Bolo de Arroz. Especialidade da casa"?? Os bolos de arroz podem variar um bocadinho no tamanho e até no sabor mas... o papel segue sempre invariavelmente o mesmo estilo. E porque o bolo de arroz tem esse papelinho no reino dos bolos comuns de pastelaria? Porque não o pastel de nata ou a madalena??

Ao fazer o search google para encontrar umas fotos cheguei à conclusão que "não, não sou o único, não sou o único a olhar para" o papel dos bolos de arroz.

Juan Hónimo

21 maio 2008

Mais uma crónica do Ferreira Fernandes

DO KKK A APOIANTE DE OBAMA

As primárias democratas de ontem no Kentucky e no Oregon devem ter deixado (escrevo antes do fecho das urnas) tudo na mesma: Obama mais vencedor, mas não dando tudo por acabado para não parecer que empurra Hillary borda fora. Dá-lhe tempo para ela poder salvar a face. Em todo o caso, esta semana já teve um episódio bem mais interessante do que aquelas duas eleições. Na 2.ª-feira, Barack Obama recebeu o apoio do senador pela Virgínia Ocidental Robert C. Byrd, de 91 anos. Este não é um senador qualquer, e não só por ter o mais longo mandato da história do Senado americano, para onde foi eleito há 49 anos. Na sua juventude, Byrd foi membro da Ku-Klux-Klan. Já como eleito político, combateu a integração dos negros no exército ("nunca combaterei com um negro ao meu lado", disse, então). E, no Senado, votou contra as leis dos Direitos Cívicos. Agora, ele apoia Obama. O senador Robert C. Byrd é a imagem de uma coisa que é certa na América: esta é feita de mudança.

in "Diário de Notícias"

20 maio 2008

Phd Comics - Surplus in the budget...

Qualquer semelhança entre a vinheta de bd e a realidade pode não ser pura coincidência...

José Seramargo



Etiquetas:

19 maio 2008

Museu do Chiado - Revolução Cinética (Último Post)

videoUm video onde aparece um povni*.

* Pombo Voador Não Identificado.

FlorGrela Estampa

Etiquetas:

Museu do Chiado - Revolução Cinética (3º post)


Continuando, aqui ficam 4 obras que, ao vivo fazem imenso efeito...
FlorGrela Estampa

Etiquetas:

Museu do Chiado - Revolução Cinética (2º post)




A mesma obra, vista de lado e de frente...
FlorGrela Estampa

Etiquetas:

Museu do Chiado - Exposição Revolução Cinética

No dia dos Museus fomos ao Museu do Chiado ver a exposição intitulada "Revolução Cinética".
Apesar de a exposição ser pequena e de algumas peças não estarem 100% operacionais (motores avariados...supostamente por as peças serem algo antigas...), vale a pena a visita, pois há algumas peças bastante interessantes.
Esta é uma delas...
Em posts seguintes adicionarei outras obras.

José Seramigo

O nosso primeiro pão...

...feito na máquina de pão Clatronic BBA 2605.
A máquina é muito fácil de usar e não é cara (49,99€ na Worten)
Os ingredientes necessários (vg., fermento seco, farinhas várias, sementes, etc.) podem ser facilmente encontrados, nomeadamente no supermercado do El Corte Inglés.
Resumindo, estamos rendidos aos encantos da máquina de fazer pão.
Já vamos na terceira 'fornada' de pão!
Primeiro fizemos dois pães brancos 'normais', sendo que no segundo substituímos a margarina e o açúcar por azeite e mel, respectivamente.
Este fim de semana foi a vez de fazer um pão de alfarroba, um pão que fica escuro e que parece saber a cacau.
A máquina permite ainda fazer bolos e compotas.
Como não podia deixar de ser há muitas receitas que podem ser encontradas em blogues da internet. Ficam aqui dois exemplos: http://areceitaestanomeublog.blogspot.com/ e >http://breadmachine.blogalia.com/categorias/recetas.
Esta semana vamos experimentar fazer um bolo. ;-)
FlorGrela Estampa

Etiquetas:

17 maio 2008

Não há cá confusões!


16 maio 2008

A guerra das editoras

Com que então a Leya quer um tratamento especial na Feira do Livro. Quem é que ela pensa que é? A princesa das editoras?
Juan Hónimo

PS- Estes comentários merecem promoção a post

Fiambrelete
disse...
  • E a APEL é o DARTH VADER, carago!!!
Juan Hónimo disse...
  • Não, não, a Ap-El é doutro filme. É do Superman. É da família do Kal-El e do Jor-El.

To geek or not to geek

Há muito tempo que não me chamavam "geek", voltou a acontecer hoje por eu saber o nome do primeiro homem a voar mais rápido que o som e por saber o nome do seu avião que era o nome da namorada. Eu tomei "geek" como sendo depreciativo mas parece que actualmente a expressão também pode designar um especialista. Vá-se lá saber qual era realmente a intenção do meu interlocutor (palavra completamente geek)!!! Ficam aqui os nomes "Chuck Yeager" e "Glamorous Glennis" e decidam qual é qual...
O ponto mais divertido desta estória aconteceu quando fui ver umas informações sobre o Lockheed SR-71 que foi o avião a atingir a maior velocidade de voo de sempre. Encontrei um site interessante com muitas fotografias e texto que comecei a ler de forma interessada. Só depois reparei numa pequena frase que dizia "if you aren't a geek you may see only the nice pictures". Assim se prova que eu sou mesmo um pombo "geek" e com muito orgulho se isso significa saber coisas e gostar de aprender.
Um pombo que adora aviões...
É que isto de dar às asas é muito cansativo.

Ass: Quinta Anilha

Mais uma crónica do Ferreira Fernandes

DIPLOMACIA DE FACA E GARFO

Com o seu fino sentido diplomático, George W. Bush disse que os indianos, com a sua súbita riqueza, são os culpados pelo aumento internacional dos preços da comida. É um pouco como ouvir o major Valentim Loureiro a criticar Manuela Ferreira Leite por ser muito excitada a falar na tevê. A América ameaça transbordar das suas calças como um gelado do seu cone. Foi isso que as autoridades indianas lembraram a Bush: "Vamos a meças!", disseram, oferecendo a cintura delas para comparar com a média americana. Um americano consome 3770 calorias por dia, e um indiano, 2440. "O dinheiro gasto pelos americanos em lipoaspiração dava para acabar com a fome no mundo", também foi dito em Nova Deli. Os indianos e os chineses comem mais, vão continuar a querer comer mais e o equilíbrio do mundo vai ter de aturar esse apetite. São os dois únicos países com mais de mil milhões de habitantes e esse é um dado a ter em conta. As cartas estão na mesa. E isto não é só uma metáfora.

Ferreira Fernandes in Diário de Notícias

15 maio 2008

Perguntar não ofende

Se eu estiver à rasca estou enrascado. Então, se eu estiver à nora, quer dizer que estou anorético?
Juan Hónimo

13 maio 2008

Gasolina

Hoje fui pôr gasolina no carro. Atestei. Pelo mesmo preço comprava uma TV, ou um telemóvel 3G. Mas não. 95 sem chumbo. Que amanhã é 3 cêntimos mais cara. No regresso, um carro vinha muito lentamente à minha frente, numa ligeira descida. Mas ía aos poucos acelerando. Devia ir em ponto morto. Percebe-se. Ía a apanhar a boleia da gravidade. Que por enquanto ainda é de graça.

Juan Hónimo

PS- O que tem graça no meio disto tudo é que no exacto momento em que escrevo isto, Sócrates deve estar a jantar com Hugo Chavéz, no país que tem a gasolina mais barata do mundo. Traz de lá uns litrinhos, ó Zé. Isso é que seria porreiro, pá.

Quota de mercado

Desde que me lembro, cada vez que olhava para a traseira dos camiões de caixa aberta, ali estava o nome duma marca incontornável da industria automóvel nacional: Galucho. Carroçarias Galucho. Qual Prozé, qual UMM, qual carapuça. Galucho.

Eis senão que, parado inúmeras vezes no trânsito, noto agora que muitas dessas carrocerias são -cada vez mais- da M.I.A., Metalúrgica Ideal Alentejana.

A isto chama-se ganhar quota de mercado. Não sei o que se passou. Há uma melhor relação qualidade-preço? Uma estratégia de marketing mais agressiva por parte da M.I.A.? Será que têm uns agentes comerciais assim vestidos de preto e com óculos escuros, os M.I.A.´s?

Proponho desde já várias joint ventures:
- com uma conhecida pasta dentifrica: M.I.A. Couto.
- com a vinícola Mateus: M.I.A. Rosé.
- para chatear o Woody Allen: M.I.A. Farrow.
- com as máquinas Bobcat: Bobcat M.I.A.
- com Tom Cruise: M.I.: A.

Na mesma gostava de ver mais carrocerias Galucho. Acho o nome simpático, quase soa a peluche, o que na indústria do transporte rodoviário é uma associação de ideias algo sui generis.

Juan Hónimo

Show de piano em York

Devo dizer que já vi concertos 'à séria' em que a qualidade da performance não chegava aos calcanhares do que se vê no video das minhas amigas... É provável que a mistura entre a humidade de Inglaterra, o andar demasiado de comboio e, eventualmente, as pints of lager devem ter contribuído para o resultado final da dita performance. ;-)

José Seramigo


12 maio 2008

A morte e os media

Este fim-de-semana faleceu um ciclista. Claro que faleceram muitas outras pessoas, por doença, acidente, etc. Mas foquemos o trágico falecimento de Bruno Neves, que teve muito menos destaque que outras tragédias semelhantes que aconteceram no decurso duma prova desportiva. Porquê esse menor destaque nas televisões? Porque se trata de ciclismo e não de futebol? Talvez. Mas o factor decisivo penso que é o seguinte: não há imagens do evento. Nem da queda, nem do pobre ciclista prostrado no solo, nem do seu transporte em ambulância, nada.

Uma notícia sem imagens é uma notícia menor.

O que aliás faz com que a tragédia de Myanmar seja menos notícia do que seria se tivesse ocorrido num local onde houvesse livre circulação de jornalistas. O que faz com que este sismo que ocorreu hoje na China seja hoje mais notícia do que seria digamos há 5 anos atrás.

Não estou a criticar ninguém: nem os jornalistas, nem o público consumidor que -quais espectadores do circo romano- vibra com o sangue alheio. Não estou a criticar ninguém.

Estou apenas a constatar.

Alberto Terego

09 maio 2008

Por muito menos que isso, alguns paises já foram bombardeados pela NATO e pela ONU por porem em causa a vida das suas populações...

01 maio 2008

Com ou sem mousse...

... foi muito gostoso conhece-los a todos!
Numa próxima oportunidade, eu trato da mousse!

Até lá, portem-se de bem!

:-)