14 dezembro 2004

A Dificuldade de Comprar no Natal

Já percebi a razão pela qual o PIB português não aumenta.
Hoje à hora do almoço resolvi ir ao Centro Comercial Colombo comprar uns talheres da Cutipol para oferecer. Os talheres são caros, mas a qualidade e o design compensam... Passei por todas as lojas onde vendem talheres Cutipol (Casa Alegre, Atlantis e Vistalegre) e, acreditem ou não, nenhuma das lojas me foi capaz de vender nada.
“Ah pois, no Natal é difícil comprar. Só vendemos faqueiros completos, e tem que se encomendar bastante antes do Natal...”
No Natal é difícil comprar!!! Mas então não é suposto as lojas prepararem-se para a ocasião? Que eu saiba o dia de Natal é sempre a 25 de Dezembro desde há 2004 anos.
Bom, e depois de, na última loja, eu ter acabado por desabafar (leia-se expressar a minha indignação da forma mais contida que me foi possível), lá se lembraram de me aconselhar a procurar numa outra loja da cadeia Vista Alegre, loja essa que supostamente tem um stock maior...
Às vezes pergunto-me o que é feito do bom senso. Nunca houve ou exportámo-lo todo para reduzir o défice?
É que já o ano passado tive dificuldade em comprar loiça da SPAL no Natal.

1 Comments:

Anonymous Portugalheart said...

Cara(o) Sra/Sr,

Vendemos peças Atlantis, Spal e Vista Alegre (entre outras marcas e produtos) e temos uma abordagem muito próxima do cliente. Por esse motivo, só nos contentamos com a máxima satisfação do cliente. Estamos muito perto das fábricas e vendemos para todo o pais (com entrega na sua morada). Por favor visite-nos online em www.portugalheart.pt

Caso possa prestar-lhe algum esclarecimento estou ao seu dispor, Silvia Abreu - silvia.abreu@portugalheart.pt / 918173536

7:15 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home