27 setembro 2007

Ciência

Segundo uma notícia do Público "James Lovelock, pai da teoria de Gaia, e Chris Rapley, director do Museu de Ciência de Londres, propuseram numa carta publicada esta semana na revista Nature misturar águas profundas com águas de superfície nos oceanos para reduzir o sobre-aquecimento do planeta".
Ora apesar de reconhecerem que o método não foi ainda validado cientificamente, a sua carta foi publicada.
Pois uns como eu têm de passar semanas a alterar artigos porque os referees não acreditam sequer que tenhamos classificado correctamente umas imagens, o que é correcto uma vez que fazer ciência é duvidar, outros sugerem um método caído do céu e por terem nomes sonantes têm logo direito a publicações. O mais giro é que parece que para implementar o método eram necessárias apenas 134 milhões de condutas para bombear a água.
Pois eu proponho inventar o teletransporte e teletransportar as águas profundas para a superfície, e calculo que preciso apenas de 500 milhões de dólares para criar o método. Vou já contratar o Spock e o Data para consultores do projecto.

PS- Espero que a notícia do Público esteja correcta para não estar para aqui a dizer parvoíces.

2 Comments:

Blogger FlorGrela Estampa said...

Quando há tubarões (com nomes sonantes) a rondar (as revistas) os capitães (seus editores) assustam-se e permitem aos tubarões comer os peixes pequenos - que andam na sua labuta a medir a temperatura do oceano e a perceber onde estão os 'remoinhos' cheios de nutrientes - (i.e. os que andam a fazer ciência).
That's human NATURE!!!! Or is it fishy NATURE!?

10:27 da manhã  
Anonymous Juan Hónimo said...

Eu acho que o verdadeiro proponente da teoria de Gaia dá pelo nome de Luís Filipe Menezes.

8:24 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home